terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Hoje e sempre

Em seu olhar eu me vejo
Em seu sorriso eu me encontro e encontro a paz
Em seu peito descanso o meu Eu, te sinto. 
Em seus braços eu abraço o teu amor.
Somos um ritmo onde se dança tudo
Somos reggae, somos blues
Somos samba, somos nós!
Temos um axé em ritmo de festa
Somos a mistura de pop e rock and roll 
Somos melodias
As vezes melancolia 
Simplesmente nós todos os dias. 
Em sintonia com o desejo, a gente se entende, se encaixa. 
Eu te amo com tudo o que posso,
Sinto e me sinto sua. 
Temos uma a outra sem espaço 
Demos um espaço para o que não nos nutri. 

Eu e Você, hoje e sempre. 






Sabrina Sena

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Seja você

No meio de tantas pedras pelo caminho, as águas passam feito o tempo e você nem percebe.
Essas pedras, são como pessoas que em seu caminho surgem só para te fazerem cair, tropeçar...
Mas, essas pedras sempre ficam para trás. Já pensou nisso?
Não importa se é grande ou pequena. Umas machucam, arranham, mas não passam disso.
Quem somos nós?
Você já procurou saber ao se olhar no espelho, quem é você?
Então eu vou dizer:
Você é força, é vento!

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Quem é você?

“Quem é você?”
- Eu sou Eu e minhas consequências.
Em algum lugar do mundo existe um Deus e este ninguém engana, por que ele está no meio de nós.
Muitos pensam que Deus errou na criação dos humanos, pelo fato dos mesmos estarem acabando com tudo, mas não, ele não errou!
Cada um de nós temos dois caminhos a seguir, o certo e o errado. É questão de ecolha.
O lado errado da vida aparenta ser mais fácil, mas a realidade é outra. Tudo o que vem fácil, vai fácil. Tudo o que se faz aqui, se paga aqui em vida. Então, seremos sempre “nós” e “nossas” consequências.
Por onde anda o respeito?
Nota-se que o amor entre as pessoas está em extinção.
E a paciência?
O medo tem feito morada onde um dia morou a coragem.
E a união?
Éh, o mundo está doente e a cura pode ser voltar a se ter amor um pelo outro.
Não temos que provar o que é certo ou errado, o erro está no coração de quem insiste em errar e a lei do retorno é a consequência do que se faz.
Por onde anda a consciência?
Pra que tanto medo do “perdão”?
Perdoar o outro é crime?
Meu Deus, o que está acontecendo?
Se olho ao meu redor me deparo com um desamor, com maus-tratos... muito triste!
Tantos seres criminosos de alma... mas uma coisa é certo:
Muito prazer, Eu sou Eu e minhas consequências. E você, quem é?



Sabrina Sena

terça-feira, 21 de novembro de 2017

O ato de ser negativo

Existem pessoas que carregam consigo, um lado negativo e esse lado suga qualquer energia ao redor.
O pensamento tem uma força que atrai o que se pensa, pode parecer louco, mas a gente é o que a gente pensa ser.
Existem pessoas que o melhor a se fazer é manter a verdadeira distancia de segurança e muitos não entendem, preferem questionar.  Pare, pense, observe e sinta! Talvez você comece a ter respostas, coisas que até então, não entendia e preferiu conviver com os “porquês” da vida.
Já ouviu falar nos vampiros? Eles sugam a sua energia, eles te dão de presente a negatividade que neles moram, e o que se torna o melhor a fazer? Manter a famosa distância de segurança.
A felicidade do outro, o amor, o trabalho, as conquistas... Incomodam esses vampiros!
Tudo gera uma inveja nada branca e se transformam em sanguessugas em nossas vidas, secando o que até então eram motivos de inúmeros sorrisos.
Vamos! Se não quer perder o que conquistou até aqui, se afaste do que não presta! Isso não ira te fazer crescer, somente irá minar os seus sonhos, as suas energias.
Existem vampiros que chegam pra te diminuir, te dividir em pedacinhos... Jamais chegam pra somar, multiplicar. Pense nisso!


Sabrina Sena

sábado, 4 de novembro de 2017

Eu serei mar, serei vento, mas não serei fraca.

Um dia, eu só rio
Outro dia, sou rio.
Choro, quase me afogando em lágrimas.
Me basta abrir as janelas  do meu apartamento,
Abro também aquele sorrido e sinto a brisa que vem.
As vezes venta forte, o céu se escurece
E volto a fechar as janelas e me fecho.
Está chovendo neste momento,
Estou a beira da loucura!
Não aceito certas nuvens, mas buscarei paciência.
Não posso perder as esperanças,
Não posso perder o meu amor por mim.
Eu me caio, me molho, mas me levanto!
Não posso pensar que estou sem as armas de “Jorge”,
Estou com Deus e Nossa Senhora em nossa casa.
Mas é pra já que peço para que o mar me invada,
Vivendo um dia de cada vez com a força de “Iemanjá”.
Estou fraca, estou forte...
Estou em alerta, terei fé.
Eu irei enfrentar essa tempestade e terei de volta a minha paz.
Olho para o céu... cadê o sol?
Calma! Ele vai brilhar e não irá te deixar.
A ânsia de viver um dia de cada vez, apavora...
Mas irei vencer tudo isso.
Com calma para que a alma seja leve e forte,
Esse azul do céu irá se misturar com o azul do mar em minha vida,
Para o bem da minha saúde.
Eu serei mar, serei vento, mas não serei fraca.




Sabrina Sena

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Vida de carretel

Somos frutos do incerto
Temos uma ilusão do que aparenta certo
Com isso o ego ecoa dentro da gente
Nos afunilando, fuzilando por inteiro.
Quando temos os pés no chão e a alma limpa
Acreditamos ou desconfiamos de qualquer pessoa...
Dizer “eu te amo” não é como dizer “bom dia”
“eu te quero” mas um dia a gente se ama...
Não existe deixar um “amor” se é que isso é amor, pra depois!
A vida é feita de acontecimentos “incertos”,
Mas sem ter que deixar pra viver depois.
Temos que ter cuidado com o que dizemos,
Temos que ter cuidado com o que acreditamos,
A carência maltrata e abusa do que vem para se aproveitar.
Quem sente amor, dá um passo para frente sem precisar de “calma”,
Afinal já esperou demais por esse momento.
Mas que momento é esse?
Não existe calma, alma, nem palmas para o que não é verdadeiro.
Mas um querer quer que seja verdade,
Enquanto o outro anda para trás.
A vida é algo certo do incerto e Eu, não acredito em migalhas que se encontra pelo caminho,
Acredito no que é inteiro, sem precisar dividir uma  metade que não tem atitude.
O melhor caminho é aquele que se constrói com a convivência,
Pois, um bom sentimento não é aquele que vive as escondidas,
É o agora já pensando no amanhã de maneira segura, sem ter que botar pressão.
Um carretel já é um bom rolo de linhas e com isso me pergunto:
- Qual a graça de viver sendo enrolado?
Uma hora enjoa.



Sabrina Sena




terça-feira, 24 de outubro de 2017

Borboletas e Vagalumes

Estamos no meio de um deserto
Mas, eu vejo borboletas e vagalumes
Estamos prestes a enlouquecer
Mas, não irei me enlouquecer agora. 
Bastou a noite cair
Para eu avistar no meio do caminho
Inúmeros vagalumes e borboletas
Eles estão dançando... e nós?
Nós estamos em um ritmo de paz. 
Luzes e mais luzes em um ritmo louco
Mas o que essas borboletas estão fazendo ali?
Elas estão colorindo a noite que já vem chegando
Eu não consigo parar de olhar
Não! Eu não consigo parar de dançar 
Sinto como é bom viver cada segundo 
Cada um com a sua beleza que tem
Com uma riqueza singela. 





Sabrina Sena

sábado, 23 de setembro de 2017

Salve, salve, Rainha do Mar.

Eu vim aqui lhe pedir proteção 
Eu quero muito é viver em paz
A sua graça ilumina o meu coração 
Eu tenho muito o que aprender com você 

Minha sereia, minha rainha salve salve
És minha mãe, odoya, iemanjá 
O seu sorriso me irradia, contagia
A minha alma esta segura em suas mãos 

Quero seguir pisando firme, pisando forte
Eu sou guerreira, sou filha de iemanjá 
O seu perfume me faz mais forte 

Eu sou guerreira, sou filha de iemanjá. 
Salve salve, Rainha do Mar. 


Sabrina Sena

domingo, 17 de setembro de 2017

Agradeço a Deus

Me encantei com o brilho dos teus olhos,
Com a cor da tua pele,
Com o desenho do teu sorriso,
E com o timbre da tua voz. 
Você sempre tão elegante e sincera,
Me tira do sério!
Adoro quando me beija a boca, 
Se faz de louca só pra me ganhar. 
Sabe me prender em você mais e mais...
Somos frutos de um único desejo
Por isso quero me casar com você. 
Ja imaginou?
Dormir e acordar com você não tem preço,
E sim uma felicidade sem igual. 
Amo você por inteira, e adoro quando me chama de amor. 
Somos vítimas de um sonho bom,
Onde a gente se completa de verdade. 
Agradeço a Deus por você ser minha e Eu, o seu Amor. 


Sabrina Sena


Paciência

Estamos em um momento tão diferente, distante. Até as estações estão sem clima e o tempo, ah esse eu já não sei faz tempo. 
Uma saudade aperta o peito, dói. 
Vontade de um abraço e refazer esse laço, mas parece que o laço se perdeu. 
Será que o tempo trará esse laço de volta?
Sabemos o peso de uma palavra, de uma mágoa... e esse tempo; cura mesmo?
Sabe quando você começa a observar todos ao redor, aqueles desde quando você era criança e se depara com um ninho de cobras?
Assuntos indesejados, falsos amigos, pessoas e mais pessoas sem amor próprio, que se depararam com um alguém de opinião, corajoso e que aos poucos, decepa esses assuntos bobos, essas atitudes levianas, e segue em direção da paz e o resto que se dane? Esse alguém sou Eu. "Perde quem me perde."
Muitos culpam os outros pelos próprios erros, pelo menos já nasci assistindo essas novelas quase que mexicanas. 
O vento assopra forte, muda as coisas de lugar e Eu continuo de pe, mesmo que com alguns arranhões, afinal, o vendo trouxe um dilúvio. 
Acredito que o tempo irá nos trazer a calma e muita sabedoria. 
Não sabemos do amanhã e nem quero saber, nem me interesso pelo incerto. O hoje tem vida, tem cor e cheiro e se chama Paciência. 
Não posso passar a carroça na frente dos bois como dizem por aí, apenas passo com o coração ferido, triste e em busca de uma única coisa, inteligência emocional, espiritual, pois aqui mora uma esperança, mora um grito carregando uma bandeira branca. 
Graças a Deus não temos o dom de lermos as mentes perigosas das pessoas, mas tenho muita proteção comigo, porque quem me carrega e me cobre com o seu brilho se chama Iemanjá. E essa cuida de mim, linda mãe do mar. 
A Deus, peço leveza e serenidade. 
Nos deixe intactos da maldade das pessoas. 

O segredo é transparência para se ter paciência. E Isso o tempo nos dá, porque ele mostra. 


Sabrina Sena