terça-feira, 21 de julho de 2009

"A proposta"




Perceber uma relação amorosa surgindo no meio de uma proposta de casamento inesperada, onde a intenção da chefe dominadora com seu assistente seria não ser deportada para o Canadá por causa do trabalho e permanecer nos Estados Unidos, é mesmo bem atraente.
Essa foi à proposta de Sandra Bullock para Ryan Raynolds no filme
“A PROPOSTA”, e achei de uma criação maravilhosa, uma mistura de humores perfeita.
Faz a gente observar como é saudável um amor verdadeiro, como que as expressões e acontecimentos demonstram esse amor acontecendo, trazendo uma pontinha de incômodos por já se encontrarem apaixonados.
Uma pessoa que sempre demonstrou ser durona, sem coração, no fundo tem um coração maravilhoso, tem um sentimento e é sensível.
É legal a pessoa confessar que tem um lado mesmo que guardado há anos por seus motivos, delicado.
Se encontrar sem uma família por anos e de repente ter uma dando atenção, é muito bom.
Esse filme é mesmo muito bom, divertido, vale a pena e para uma pessoa que presta atenção em detalhes, esse é um que apenas com os gestos que rolam, se vê muita coisa que sentem.
O amor existe pessoal!


(Sabrina Receputi)

2 comentários:

  1. Um filme realmente muito bom.
    Capaz de nos fazer rever momentos em que somos rudes demais, estressados demais, ansiosos demais. Trabalhamos tanto, queremos tanto!

    E em meio à tudo isso, que consideramos tão importante e que nos faz direcionar nosso foco exclusivo, surge um amor. Impensado, natural, que supera e aceita as diferenças do jeito que são! É "àgua mole em pedra dura"! rs

    Uma ótima pedida para uma tarde nublada!

    ResponderExcluir