quinta-feira, 6 de agosto de 2009

É hora da virada!




Existem acontecimentos que são inexplicáveis por serem bons.

Imagina você do nada ao olhar para uma pessoa e a mesma do nada te faz ficar curiosa em saber dela, te faz procurar por ela, saber como é de fato.

No que dará ou o porquê disso? Ninguém sabe!

Conversas e conversas surgem, sinais vão criando expectativas, coisas em comuns sendo descobertas, curiosidades pintando até que rola o primeiro beijo.
Os dias passam e vem o segundo beijo e junto disso, te faz ainda mais querer trazer para perto essa “criatura” que parece ter vindo nem sei de onde.

Essa pessoa existe?

Pensamentos se misturando junto de uma única coisa: sintonia.

O que é isso? Não sei...

No meio disso tudo, desse clima surge uma indireta bem dada através de uma musica sendo um pedido de namoro.
E a resposta, era necessária responder?

Acredito mesmo nas palavras de um simples olhar.

Essa mudança é de confundir, mas faz sentido!

Observe!

E a saudade é apenas um resultado de algo muito bom e saudável nessa realidade que parece historinha de contos de fadas.

Eu acredito em “amor” a primeira vista, mas será?

Não sei, está tudo tão rápido!

Mas, não duvido.

É o que estou tentando descobrir!


É a hora da virada SIM!

Se encontrar no meio de uma louca tempestade, faz com que seja mais difícil deixar um sol invadir a sua janela e mostrar que há possibilidades de olhar nos olhos de uma pessoa profundamente e ter uma visão de que tudo pode ser diferente com um simples “SIM”.

Partir com tudo ou nada, é... seria mesmo um risco e é necessário pagar para ver.

As cartas estão sendo jogadas, confianças são depositadas e de retorno só nos resta uma paz interna.

Ter um medo de jogar e ser trapaceado é normal, mas o mais gostoso é sentir que o “amor” está ao lado, em frente, onde for... Mas está se aproximando com cautela e sem medo de estar fazendo o certo ou não.

Carregar experiências dolorosas faz parte do mundo todo, mas não chega a ser tão ruim assim, pois, a chance de acertar ao seguir e ser feliz é maior, desde que seja um passo bem dado e bem disposto além de sincero.

É bom demais perceber que no meio de um temporal existe uma calmaria interna, onde faz com que através do tempo o céu se abra novamente e bem azul.
Pessoas do bem existem e abrir uma porta para que possam entrar em nossas vidas em um momento bom, mesmo que a gente não saiba se esse momento é certeiro, é o que há e é um belo sinal olhar para frente.

Penso que uma árvore tem o seu momento feio, seco, sem uma flor para alegrar o dia de um alguém, mas em seu tempo exato, ela se enche de flores e chama a atenção de vários olhares e sorrisos, mas se sente forte e disposta com uma única beleza natural e em silêncio essa árvore diz para esta:

Seja bem vinda!


(Sabrina Receputi)

2 comentários: