domingo, 13 de setembro de 2009

"Bora" caminhar...




O tempo ao se passar, amadurece decisões, dúvidas, cria-se expectativas, “apaga” pegadas que resultaram-se em decepções por mais marcantes que foram, iniciam-se novas conquistas, dentre tantos outros fatos e acontecimentos.

O melhor é você sempre ser você, independente do que vão falar, do que irão pensar sobre a sua pessoa.

A verdade, transparência devem permanecer, mesmo que inventam por aí seja lá o que for.

Existem momentos que são pegos tão de “supetão” que faz em um segundo muita coisa não parecer estar acontecendo de verdade, mas, por mais que às vezes parece ser um “sonho” ou um “pesadelo”, é para provar algo para você mesmo, seja "hoje", seja para daqui "alguns dias" ou até mesmo "anos e anos".

É tudo muito relativo ficar aqui falando dessas coisas, mas eu desde o início do meu blog, não nego as minhas expressões, opiniões e até mesmo acontecimentos tirando como exemplos para aqueles que chegam e optam por ler os meus textos.

A Razão deve permanecer sempre!

Coisas com impulsos, palavras, olhares que podem mexer com o seu lado “ID” da coisa sim, mas não vale a pena, pois ao amanhecer o novo dia, nada mudara e você corre sérios riscos de se machucar mais e mais.

Caramba! É muito bom ter a sensação de fortaleza no meio de algo que até então poderia parecer ainda ser fraco ou um medo.
Pensar em sí e olhar para frente, observar o que ficou é muito interessante e real.

O amanhã é algo muito escuro, mas basta ser correto com o próprio sentimento.
Retirar do “ontem” apenas o que é de fato “nutritivo” para o agora é o que desejo e desejo para todos.

Queixas e mais queixas ficam cada vez mais para trás e nada mais faz sentido e nem me importa.
É bom e certo estar com quem realmente quer estar com você.
Com quem faz da saudade um “presente” doido para ser aberto.
Com aquele que faz do sorriso dado com carinho, um guia para um abraço sem igual e confortável.

A cada dia, é mais fácil aprender coisas de uma relação a dois.
Quebrar a cara faz parte da vida, sem dúvidas. Quantas vezes forem necessárias.
Continuo a bater o pé e dizendo que nada é por acaso.

A vida acaba sendo um jogo mesmo, mas há sempre aquele que ganha o tempo todo ou não, apenas vive blefando e pensa sempre estar no "poder".
Não sou contra perdoar, mas desde que seja de verdade.

A confiança é algo que vale ouro!
Para assim, poder caminhar de mãos dadas e sem recentimentos.
Sorrindo e cantando a vida.
As apostas que a vida proporciona em busca de um amanhã tranquilo são jogadas, tudo em busca de paz!
Fala sério, "bora" caminhar né?

Com o querer de alguém, não se deve mexer NUNCA!


(Sabrina Receputi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário