sábado, 8 de agosto de 2009

12:34:56 do dia 07/08/09




Apenas farei um comentário sobre o que nos aconteceu nesta sexta-feira dia 07/08/2009.
Conversando com uma amiga, ela me fez observar o lance das horas ligadas à data, ao mês e ao ano.
Fiquei curiosa sobre o assunto e lendo uma reportagem eu vi que acontecerá novamente daqui cem anos.

Veja bem:

“Um evento que se repetirá apenas às 12 horas, 34 minutos e 56 segundos do sétimo dia no oitavo mês do nono ano, daqui a cem anos. Assim é descrito o fenômeno matemático de nove dígitos que ocorre nesta sexta-feira (7), cuja formação consiste no alinhamento numérico e progressivo das horas, minutos e segundos com o dia, mês e ano. Ou seja: 12:34:56 do dia 7/8/09 significa 123456789.
Na última vez em que isso ocorreu, o Rei Eduardo 7º estava no trono [da Inglaterra], o Titanic estava em construção há cinco meses, e o nacionalista iugoslavo Gavrilo Princip estava a menos de cinco anos de disparar o tiro que culminou na Primeira Guerra Mundial", observa o jornal britânico "Daily Mail". "Daqui a cem anos, outros historiadores-jornalistas irão olhar para trás e ver o que significou este dia em 2009."


Esses acontecimentos são de se reparar e aproveitar que é algo raro, pensar algo bom, positivo na hora.
Li que no ano passado, houve também as 1:23:45 do dia 6/7/08.
Essas coincidências naturais e cósmicas como dizem, são interessantes.

Eu curto essas coisas que envolvem o que não pode ser mudado.


(Sabrina Receputi)

"Pai"...




Dizem por ai que mãe é mãe e pai é “paiaço”!

Como assim?

Bom, eu não concordo com essas palavras de forma alguma.
Tudo bem que existe mesmo cada coisa por ai que nem é válido falar, ainda, mas pelo motivo deste texto, sendo o DIA DOS PAIS.

É muito bom poder chegar em casa sabendo que encontrara com o seu pai, por mais que ele seja bravo, carinhoso, isso não importa.
O que mais se torna caloroso é saber que ele está ali junto de você.
Um verdadeiro homem não é só ser um homem, e sim se impor respeito perante todos e ser muito capaz de educar de forma boa os seus filhos, é ser amigo, é ser zangão quando tiver que ser, é doar o seu ombro amigo em um momento de fraqueza ou até mesmo se entregar quando estiver triste.

O gostoso disso tudo é saber ser PAI com todas as letras, sem faltar em algo, apesar de que faz parte errar.

Não basta apenas fazer um filho para ser pai, basta ser responsável e maduro!
Um verdadeiro pai, é aquele que cria você com todo carinho e atenção, é aquele que até enfrenta o mundo por sua vida.

Para quem não sabe o que é ter essa alegria de ter um pai ao lado, se sinta apegado a alguém que você possa considerar tanto quanto.
Claro que existem mães que valem como mãe e pai, a verdadeira “dois em um”.
Se você já tem mais de um pai, o que é possível sim cultive essa harmonia, essa união.
O amor é algo que não tem preço desde que seja sincero e não há nada mai bonito que uma família bem estruturada, com respeito, compreensão, paz, desavenças que fazem parte para assim aprender a seguir.

Eu posso falar que independente de como vim ao mundo, o importante disso tudo é que eu cheguei chegando e tenho o meu pai ao meu lado, sempre aqui lutando, sendo amigo, resmungando quase sempre, mas tenho... E foi ele quem me ensinou a ser assim.
E tenho também outra pessoa em minha vida, sendo um amigo hoje, mesmo não estando comigo todos os dias, mas carrego um pedaço dele.

Ou seja:

Pai é pai desde que seja um ótimo exemplo e um belo pai.
Eu só tenho a desejar um dia dos pais inesquecível para todos os papais do Planeta Terra.


(Sabrina Receputi)

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

É hora da virada!




Existem acontecimentos que são inexplicáveis por serem bons.

Imagina você do nada ao olhar para uma pessoa e a mesma do nada te faz ficar curiosa em saber dela, te faz procurar por ela, saber como é de fato.

No que dará ou o porquê disso? Ninguém sabe!

Conversas e conversas surgem, sinais vão criando expectativas, coisas em comuns sendo descobertas, curiosidades pintando até que rola o primeiro beijo.
Os dias passam e vem o segundo beijo e junto disso, te faz ainda mais querer trazer para perto essa “criatura” que parece ter vindo nem sei de onde.

Essa pessoa existe?

Pensamentos se misturando junto de uma única coisa: sintonia.

O que é isso? Não sei...

No meio disso tudo, desse clima surge uma indireta bem dada através de uma musica sendo um pedido de namoro.
E a resposta, era necessária responder?

Acredito mesmo nas palavras de um simples olhar.

Essa mudança é de confundir, mas faz sentido!

Observe!

E a saudade é apenas um resultado de algo muito bom e saudável nessa realidade que parece historinha de contos de fadas.

Eu acredito em “amor” a primeira vista, mas será?

Não sei, está tudo tão rápido!

Mas, não duvido.

É o que estou tentando descobrir!


É a hora da virada SIM!

Se encontrar no meio de uma louca tempestade, faz com que seja mais difícil deixar um sol invadir a sua janela e mostrar que há possibilidades de olhar nos olhos de uma pessoa profundamente e ter uma visão de que tudo pode ser diferente com um simples “SIM”.

Partir com tudo ou nada, é... seria mesmo um risco e é necessário pagar para ver.

As cartas estão sendo jogadas, confianças são depositadas e de retorno só nos resta uma paz interna.

Ter um medo de jogar e ser trapaceado é normal, mas o mais gostoso é sentir que o “amor” está ao lado, em frente, onde for... Mas está se aproximando com cautela e sem medo de estar fazendo o certo ou não.

Carregar experiências dolorosas faz parte do mundo todo, mas não chega a ser tão ruim assim, pois, a chance de acertar ao seguir e ser feliz é maior, desde que seja um passo bem dado e bem disposto além de sincero.

É bom demais perceber que no meio de um temporal existe uma calmaria interna, onde faz com que através do tempo o céu se abra novamente e bem azul.
Pessoas do bem existem e abrir uma porta para que possam entrar em nossas vidas em um momento bom, mesmo que a gente não saiba se esse momento é certeiro, é o que há e é um belo sinal olhar para frente.

Penso que uma árvore tem o seu momento feio, seco, sem uma flor para alegrar o dia de um alguém, mas em seu tempo exato, ela se enche de flores e chama a atenção de vários olhares e sorrisos, mas se sente forte e disposta com uma única beleza natural e em silêncio essa árvore diz para esta:

Seja bem vinda!


(Sabrina Receputi)

domingo, 2 de agosto de 2009

Casos e Acasos.



A cada dia percebo que o acaso não existe.

Existem casos que nos levam aos "acasos", mas como afirmar que foi por acaso?

Acontecem coisas na vida da gente que parecem ser do nada, por mínimo que seja ou não.
Dizem que são coincidências da vida, etc.

E quando acontece do nada de achar um grande achado, será por acaso também?
Qual o papel de uma pessoa que surge do nada em nossas vidas?
É tudo tão estranho, mas confesso que é interessante demais!
Estar bem só nos trás o bem.
Nós fazemos o nosso destino, pois ele não está pronto como dizem para cada um de nós.
Penso que tudo tem a sua hora de acontecer e ser desvendado, mesmo que durem 100 anos.
Respostas “esquecidas” surgem sem procurar por elas e assim desfazem “nós” que poderiam ainda fazer se sentir preso a tal situação.
Se observarmos os detalhes dos nossos dias, iremos descobrir que TUDO o que presenciamos não é por “acaso”, é resultado de um por que.

Será por acaso que essas coisas acontecem?
Acho um pouco confuso, mas faz parte da vida.


(Sabrina Receputi)