terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Mais que pimenta...





A ardência de uma relação calorosa, apaixonada faz o coração queimar feito uma enorme bola de fogo.
As pernas tremem de emoção por sentir um simples toque que na verdade não é nada simples.
É quente, é fatal, é um vulcão em erupção quando os olhares se encontram, quando as mãos se misturam e se confundem por tamanha pressão.
Os corpos que até então eram dois, parecem se transformar em um só.
Desejo conectado em uma potência única de excitação que inibe qualquer coisa.
A vibração desses “choques” fazem a terra parar naquela hora.
O Planeta fica em silêncio por conter somente esses dois e com apenas sussurros de prazer, de loucuras e fantasias sendo colocadas para fora.
O suor se torna uma prova de que o calor queima mesmo tudo.
As línguas em um embaraço onde o destino se torna o mesmo, sendo o caminho da doçura.
O sexo em si, quem não curte? Mas, é muito além de um sexo, é amor, é paixão, é uma mistura perfeita de dois corpos que não tem início e nem um fim, é um todo e esse todo é quente, é rígido!
Isso tudo se resume no que há de bom!

É mais que pimenta, é picante, é quente, é ardência que vai devastando todos os movimentos, enxugando todas as salivas de tão puro e tão gostoso.

Alguém conhece o que estou dizendo?

Basta sentir...



(Sabrina Receputi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário