quinta-feira, 29 de abril de 2010

Partiu.




Já não importa o que quer fazer ou até mesmo dizer.
Caminhos se perderam e agora se desviam cada vez mais.
Algo congelado quer gritar de tanto que parou no tempo.
Opa está se movendo em direção à liberdade interior.
Sim, de volta ao mundo partindo e seguindo em busca do bom, do dom de viver realmente algo sincero e sem pressa!
O que está por vir?
Não sei.
O que pode encontrar pela frente?
Não sei.
Páginas desde os primeiros passos foram viradas e apenas anexadas nas lembranças e essa será apenas mais uma, basta acreditar e ter força de vontade.
De onde vem essa força?
Não sei.
Com cabeça erguida as lágrimas serão desviadas ou até mesmo evitadas.
Curtir os amigos, curtir o lar, a vida é algo muito bom.
Uma bela maquiagem pode ajudar a evitar o desanimo que às vezes pode surgir em toda a face.
O importante é estar vivo e perceber que nem arranhou como parecia, mesmo que seja daqui muito tempo.

(Sabrina Receputi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário