sábado, 24 de julho de 2010

"Casas"



Casas e mais casas moram la naquele morro que um dia já foi verde. É lindo de se olhar!
São tantas cores que os olhos de quem assistem se sentem afobados e desapontados.
Vigas tortas abalam uma calma em um segundo.
Basta chover para essas casas serem lembradas.
Roupas são dependuradas quase que no fio de alta tensão trepidando o sistema nervoso.
É de se entender que muitos não têm uma opção sobre onde morar, mas os barrancos e barracos são vitimas do inesperado quase sempre, basta piscar esses mesmos olhos teimosos. Favelas abusam do espaço e da simplicidade que alguns ainda carregam e apenas comandam o comando vermelho, azul, verde, amarelo, tanto faz. Não passam de cores mesmo!
Calibres ocupam as mãos daquele homem com uma aparência ate humilde, mas é de se lembrar que quem vê cara não vê coração.
Opa, um aviãozinho passou por entre aquelas casas neste exato momento, seria o Lula passando? Que nada, foi só um papelotinho sendo negociado.
Gente! Mas que carro “da hora” é esse? Ué, o proprietário só tem 17 anos e nem faz nada da vida a não ser tomar conta de uma das entradas daquelas casas com sua arma de brinquedo.
O mais interessante é que também existe um velho ditado sendo que "o pior cego é aquele que não quer enxergar".
Então para que chamar a Policia? De 100%, 80% vão vestir de fato a farda?
Está tudo invertido ultimamente. As normas são: "Que vença o melhor, meu bem"!
Alguém anima a fazer um bolão para saber o vencedor?
Enfim.

(Sabrina Receputi)

2 comentários:

  1. Se eu bem entendi.. hoje em dia não se sabe quem é o vilão e quem é o mocinho ne? estava agora a ver a reportagem dos policiais que aceitaram receber propina do cara que matou o Rafael Mascarenhas. Como pode uma coisa dessas? Policiais acobertando um "assassinato". Está tudo invertido mesmo, as pessoas precisam amar mais! É o fim...

    ResponderExcluir
  2. Preguiça ate de pensar,rs MAs, é isso mesmo que vc falou.

    ResponderExcluir