sábado, 3 de julho de 2010

Sentir...




Sabe quando uma loucura com uma pitada de aventura toma conta de todo o organismo levando ao impulso a vontade de agir?

Assim é a saudade quando fica em alta, feito um mar em ressaca dentro de nós.
O fato de estar certo ou não, não importa!
O legal é sentir que é recíproco.
O gostoso é sentir a vibração do prazer queimando feito uma brasa, lentamente e bem forte.
Flutuar de emoção em busca da felicidade é ter a coragem de sentir esse sentimento. Jeito macio de conquistar, único!
Risos que envolvem, abraços que prendem.
Desejos que explodem em algodão doce de tão delicado que é.
Estar ao lado por um instante faz das noites e dos dias uma ansiedade em querer apreciar essa dádiva, desenhar essa sintonia com lápis de cera colorida, brincar no parque da paixão, entrar no cinema do amor e brindar essa vontade de permanecer.

Sentir é questão de se entregar com muito carinho, atenção e lógica.


(Sabrina Receputi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário