domingo, 7 de novembro de 2010

Nem precisa dizer nada



A vontade de um beijo aumenta o desejo que vem de longe e forte feito um furacão.
Pensamentos gangorram em versos e poesias que enriquecem esses lábios brandos.
Do singular, a vida se transforma em plural onde o “nós” é muito mais saboroso de ser dito.
Perceber a sua presença incluída nos planos de quem te faz o bem é tão atraente.
Claro que cada um tem a sua vida e jamais deve se privar, mas é interessante observar essas inclusões que nascem sem pressa ou obrigação. Com carinho deve se pensar no amanhã e esse lance de deixar de lado quem se ama, está mesmo por fora!
Companheirismo é simplesmente tudo!
Quando o coração faz os pensamentos viajarem, unidos na mesma alegria é sinal de que algo muito bom está no ar. Flutue!
Vivenciar esse momento faz nascer um querer e esse querer é convertido em vontade.
A gente sente quando é sincero, quando tudo se encaixa e nada a ver com passageiro.
Se por alguns minutos vem a falta, algo se perde em segundos por dentro. Mas, não é nada grave e, sim normal. Afinal, quem é que admira uma distancia quando se gosta?
Se essas duas energias se encontram, pode o mundo desabar que nada vai abalar.
É paixão, é amor, é tudo o que há de bom!
Existe um lado incansável de dizer o que sente e ouvir palavras ilustres.
É como se esse paraíso atropelasse a alegria de olhar nos olhos e sentir o que o corpo diz, pois é realmente maravilhoso tudo isso!
Todos os sentidos exploram esse ser e passeiam por entre curvas que só eles detectam o que sentem.
Em terra firme, os pés flutuam um de encontro ao outro e sem freio.
Nem precisa dizer nada, o sentido da coisa se completa ao sentir cada momento, delicadamente e verdadeiramente iminente.

Tudo faz sentido assim!

(Sabrina Receputi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário