domingo, 28 de março de 2010

O Móbile: Admiração





Depois de assistir este curta “O Móbile” que foi gravado em Juiz de Fora (diretora: Lilian Werneck), pude ter a certeza de que um sentimento é lindo quando verdadeiro, mas que nunca valerá apena se esquecer de si mesmo para viver um “amor”.
Cada um de nós tem um estilo de vida, um talento, enfim: que merece ser exposto.
E deixar isso passar despercebido como se não fosse importante olhar para você mesmo antes de qualquer outra situação, é um grande desperdício.
Nesse filme, contém duas moças onde se apaixonam loucamente e uma delas faz dessa união um problema para a realidade dela mesma, se esquecendo e perdendo a empolgação por pintar com um dom perfeito que ela sempre teve! Só que essa moça não parece perceber isso e só depois começa a notar que realmente deixou de lado o seu gosto pelas tintas por viver esse sentimento. Claro que nada como assistir para entender.
É apenas um comentário que estou fazendo sobre este filme, pois sei que posso estar sendo até “vazia” nas palavras, mas vale à pena assistir, vale à pena observar e levar para a “sua” vida essa realidade que faz parte da vida de muitas pessoas.
Nada como pensar em si antes de tudo para poder guiar qualquer situação com cautela, mas cá entre nós, não é tão fácil.


Trailer: http://www.youtube.com/watch?v=KFIaVf5HoqU

Blog: http://omobile.blogspot.com/


(Sabrina Receputi)