segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Como se fosse a primeira vez...

Como se fosse à primeira vez, os olhos se “embriagam” com esse encantamento árduo e desenha no céu da boca, palavras que brilham mais que lindas estrelas cadentes.


Seja onde for e como for, faz bem fazer dos dias que ainda estão por vir, sempre uma nova conquista, pois faz do coração uma palpitação vagarosa.

Estar ao lado de quem se ama, arranca suspiros mais doces que inúmeros “suspiros” de uma confeitaria.

Não pensar em nada a não ser conquistar mais e mais a cada dia, já faz parte dos planos de quem está pronto para muito mais. É gostoso fazer dos encontros como se fosse sempre a primeira vez, com aquela energia que só quem faz acontecer, sabe.

Formar palavras bonitas não basta e nem firma uma relação, mas que isso aflora lindos momentos juntos, isso é fato!

Uma vontade de gritar, de sair correndo sem direção, sorrir sem um “stop”, é o que faz dos dias mais aventureiros, mais saudáveis, pois não é uma simples paixão, pois se fosse, já era para ter dado linha a muito tempo.

A gente sente quando é amor, a gente absorve os sinais que um simples gesto faz surgir no espaço.

A gente sabe o que é amor quando do nada, tudo vira festa, tudo vira atitude e afeição.

Nada de rotinas atropelam essa estrada que está só começando, pois por essas curvas ainda "eis" de derrapar sem limites, tudo em busca de carinho e atenção.

O mais interessante é a reciprocidade que surge mesmo distante por alguns dias, a presença continua intacta.

Viver em paz com si mesmo, só faz do agora um paraíso para o amanhã.



(Sabrina Receputi)

7 comentários:

  1. Adorei... estou te seguindo, agora vc me segue Stella Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. O amor não se resume em bonitas palvras, mas sim em gestos de carinho... Quem ama sabe quando é amor, os tolos, acreditam no engano da paixão...

    ResponderExcluir
  3. Oi, "Rafa". hehe
    É sempre uma alegria enorme você por aqui. Como você mesma sabe, cada texto meu significa uma vontade minha de dizer tudo o que sinto e sendo assim, me desloco para esse meu cantinho virtual me abro.
    Ultimamente, inspiração não me falta, né?
    Beijo! =))

    ResponderExcluir
  4. Olá, Stella.
    Então, pode deixar que te seguirei sim e gostei de ver que agora está por perto, me seguindo e me lendo. Beijo, moça.

    ResponderExcluir
  5. Olá Cabo "Faier", hehe até você por aqui, que coisa boa!
    Isso aí, aproveite para dividir comigo palavras que a gente sabe que nos fazem pensar.
    Seja bem vindo!
    Beijo, moço.

    ResponderExcluir
  6. Ah, e tem mais Wendell, essa de acreditar no engano da paixão é realmente algo que a gente assiste muito por aí, pois dizem amar em um segundo e se passa uma semana, já nem lembra mais. Ou seja, que coisa vazia, num é mesmo?
    Bora fazer do amor sempre um lar onde o "eu" de cada um saiba caminhar sem medo.

    ResponderExcluir