terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Pureza...





"Com você eu sempre sei onde estou..."


... tenho a sensação de estar caminhando por entre núvens, onde o vento sempre me leva para os seus braços.

Ter a certeza de que não é necessário fingir um desejo, e poder falar o que quero sem deixar as frases pelo lado do avesso, faz dos dias que se aproximam, uma raridade.

Com sentimentos não se brincam, e quando temos essa tranquilidade de sentir um arrepio por estarmos entrando na vida de alguém de forma sadia, é possível encarar o mundo só para amar cada vez mais esses pequenos grãos de areia, que formam um oceano repleto de surpresas e sem medo se quer das marés que nele moram.

Conversas acalmam as ideias que se enrolam dentro da nossa cabeça, como um cabelo belo cacheado, mas o tempo que hora faz chover, faz um lindo sol aquecer esses corações desprovidos.

É muito divino sentir isso e chamar em silêncio esse enorme amor soberano.

Nas ruas, não há disfarce.
Das ruas, quero só os melhores camilhos sem muito atalhos.

Existirá sempre um gesto que idicara até o que pode ser "tampado". O nome disse é sentimento.

Se por algum instante a solidão vem fazer uma visita, pelas ruas eu sigo a luz dos faróis, pois indiretamente, elas me levam até você, pois não há brilho igual a dos seus olhos.

Me perder e me encontrar é um caminho sem fim, sera sempre um recomeço de um dia feliz que nasce ao abrir os olhos e dizer: - Bom dia!

Percebo ao redor, pessoas que se sentem "incapaz" de se entregar, mas tudo isso não é questão de ser ou não ser e sim, de ser apenas sincero com sí mesmo antes de tudo, para que depois possa pensar em viver o outro. Mas, nunca sair de sí!
Imagens da minha história sempre me guiam, pois cada um sabe o aprendizado que se tira da vida, dia após dia.

O melhor de tudo é que a gente descobre que o mesmo coração que sorri, sangra!
Então para que fazer de um sentimento, um parque de diversões?
O instinto do amor é o prazer que ele nos eleva e nos leva a viver.
E não se trata só de algo carnal e sim uma beleza delicada, suave e leve.

Ter a maturidade de seguir por uma estrada macia e repleta de flores é muito bom!
As entrelinhas nos direcionam ao paraíso, mas os sinais geram resultados que necessitam de sensibilidades.
Não se pode querer seguir olhando com os olhos dos outros, e sim aprender a enchergar com os próprios olhos, para não se perder em espinhos profundos.

Sentir o que há de bonito dentro de nós, nos fazem observar o quão somos especiais.

Cantarolar e dançar músicas empolgantes, faz da alma uma imensidão.
Vamos dançar?

Frases encantam todo esse charme, faz o “agora” parecer uma estréia de um filme romantico que jamais saira em cartaz, por ser único e por não existir cópias.
Assim sera melhor, para não causar pirataria.

Vamos viver a vida com um ritual vibrante, onde havera sempre uma passagem para o infinito.


Enquanto o mundo gira, eu continuo a sentir que os meus pés, me levam até o meu próprio sorriso... Você!


O nosso jardim se torna cada vez mais puro... Sinta essa pureza.


(Sabrina Receputi)

2 comentários:

  1. "me perder e me encontrar é um caminho sem fim"

    Se me encontro, sou feliz
    se não, sou triste.
    ser feliz ou triste,
    perdido ao meu encontro
    é caminhar sempre,
    sem fim,
    por um fim. Ser eu.
    Triste ou feliz.

    Enquanto o mundo gira, eu continuo a sentir que os meus pés, me levam até o meu próprio sorriso... Você! (adooorei!)

    ResponderExcluir
  2. Olha ele ai.

    Acredito que as palavras quando ditas de coração, são recebidas com uma atenção e carinho especial.
    Me entregar às palavras me fazem esquecer do tempo que se passa e não para.

    Seja bem vindo, moço!

    ResponderExcluir