sábado, 22 de janeiro de 2011

"Quando a gente menos espera...'

Quando a gente menos espera, uma notícia pode escurecer o sol que reinava nesse céu azul, apagando a alegria que estava a brilhar Junto desses raios solares.


Uma perda deixa o semblante apagado e faz das lágrimas, uma onda de tristeza. O interessante é que temos a certeza de que tudo nessa vida é passageiro.

Nada como o dia que se passa e dorme junto dessas lágrimas...

O dia que nos acorda, pode ser o "grande dia", pode ser um grande recomeço tanto para quem pode estar partindo, como para quem ficou na estação esperando pelo próximo trem.

Lembrar de um “quebra-cabeça”, do tempo em que ele era completo, deixa no ar um grande barulho, sendo uma forte batida dentro do peito, como um desabafo de um coração sombrio, ecoando e apertado por toda a parte do nosso interior.

Relembrar uma saúde esperta deixa os pensamentos desnorteados, perambulando pela noite, como um cão sem dono.

Como um filme guardado na memória e em fotografias, uma vontade de reviver cada momento arquivado nesse tempo, "revê" com carinho tudo o que um dia foi e se foi.

Quem não se lembra do tempo em que era uma criança e, ia para a casa dos avôs brincar?

Quem não se lembra do “Papai Noel” visitando a nossa casa enquanto dormíamos?

E quando a gente recebia mesada só por sermos bons meninos?

É... A vida passa e com ela as lembranças nos atormentam ou nos acalmam.

Quando um anjo nos deixa e se vai de encontro ao seu novo mundo, um buraco reina em cada um que se sente perdido por estar ficando, mas depois de alguns dias, surge um manto sereno que nos cobre e nos acalma, deixando a certeza de que esse anjo está em boas mãos.

Hoje estamos aqui, amanhã não se sabe...

Hoje “eu” digo que te espero... Amanhã você pode estar me esperando...

Com luz no coração, uma força tamanha nos enriquece e nos faz acreditar que os anjos sempre estarão ao nosso lado, mesmo que a "milhas e milhas" de distancias.

Vamos sentir as energias positivas que nos preenchem de amor, e nos enriquecem de paz.



(Sabrina Receputi)

Um comentário:

  1. Esse texto foi escrito de maneira tranquila, direcionado a uma pessoa que só eu sinto o quanto foi, é, e sera especial na vida não só de uma pessoa, como na de várias.
    Eu não tive o prazer de conhecer, mas certamente, acredito que foi uma grande Estrela aqui na "Terra", que plantou lindas sementes e agora, sera um grande Anjo no meio de várias estrelas a brilhar neste Céu.

    =)

    ResponderExcluir