domingo, 20 de março de 2011

Se entregar de verdade são para poucos

Sabe quando um meteoro vai de encontro a terra e explode tudo?


Assim é um amor quando verdadeiro, que chega e se entrega fortemente para um coração, que na verdade se encontrava esperando por essa manifestação súbita.

Um encaixe perfeito faz tudo valer à pena! Faz sonhar um sonho bom que deixam as pernas leves feitos plumas ao vento. Você já sentiu isso?

Enquanto “partes” de um quebra-cabeça se encontram espalhadas em uma só agitação, um lindo quebra-cabeça realmente pode estar se formando, se tornando completo.

Como saber?

Só se sabe que faz viajar, faz do desejo infinito, faz dos pensamentos reféns.

Um sentimento bom cria uma sensação especial que não tem uma explicação, e sim uma sensibilidade que faz voar.

Muitos não sabem o que é um amor, muitos não se entregam como realmente gostariam.

Na verdade, cada um com os seus motivos, com as suas explicações e com suas juras.

Gostar não é um sinônimo de sofrer, não é possível!

A gente sente quando é pra ser...

Vale à pena deixar o coração bater, seguir, mas nunca se deve ficar mal por algo que a gente sabe que não é real, e sim algo superficial.

Olha esse céu, olha essa constelação que brilha longe, olha essa Lua que sabe o potencial que tem.

Nesse tal “quebra-cabeça”, nota-se que cada pecinha ali presente, foi feita uma para a outra, óbvio. Então como que se cria uma vida com peças erradas? Isso se chama “escolha”.

Um mundo é criado a partir da índole de cada um.

Feche os olhos, ouça o que o vento está dizendo. Em algum lugar desse universo, existe outro alguém de olhos fechados fazendo quem sabe, um pedido. Envolve um sorriso tão puro, você consegue perceber?

Sinais sempre nos procuram e da mesma forma nos deixam. Confuso isso, mas é real.

Não tem que ficar de “blah blah blah”!

Uma boa percepção faz de nós, capazes e não idiotas, pois quem não se sente em paz quando tudo caminha em terra firme? Quem não se sente contente ao receber uma flor mesmo que roubada de um jardim qualquer? Gestos significam muito.

Ser fã das rosas vermelhas não é pecado, ainda mais quando existe carinho.

Quando os lábios de um grande amor sussurram: “Eu Te Amo!”... Tudo se torna sobrenatural e com isso, as palavras se perdem no meio de todas essas estrelas que até agora para muitos, continuam sendo pequenas estrelas, uma simples constelação.

Com certeza a Lua sabe como é a emoção de se sentir amada de verdade pelos olhos de quem sabe amar e admira essa beleza, essa vaidade e esse mistério.

O brilho que ela carrega irradia, assim como amar e ser amado em uma só cumplicidade, irradia quem apenas não sabe o que é o amor.

Se entregar de verdade são para poucos.





(Sabrina Receputi)

4 comentários:

  1. Nossa, amei o texto!! Me identifiquei mtoo

    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Vale sim a pena, mais e quando não percebe que não e real, cego talvez, mais de tão grande o sentimento que se sente que acaba por amar por dois. E possível?
    Existe alguma forma de ser feliz sem sofrer, ou pelo menos de descobrir que se é feliz?
    Lindo texto ! Parabens

    ResponderExcluir
  3. Olá, Izabella.
    Penso que é possível sim, pois por costume em estar dentro de uma relação mesmo que nada recíproca, se segue com um sentimento UNILATERAL. Mas, até quando uma pessoa vai suportar isso?
    Aí sim é querer pagar para ver sabendo que não vai ter um bom resultado no final.

    Nada como um dia após o outro para se dar conta de que está feliz dentro de uma relação de verdade, e isso só é descoberto quando os olhos brilham ao ver a pessoa se aproximando de você, quando há uma sintonia em seguir os dias em plena paz interior.

    Amar não é uma ansiedade em saber do outro e sim uma tranquilidade sadia em estar com o outro.
    E para isso, precisamos observar tudo nas "quatro estações" do ano, pois os "5" sentidos só fazem sentido quando há cumplicidade.

    Beijo, moça!
    Volte sempre.

    ResponderExcluir