terça-feira, 5 de abril de 2011

... Curioso.

Se ha uma luz que pode ser apagada é quando tudo vira festa com a presença de uma Estrela. No popular, poderiamos dizer: "que se dane o mundo".
Olhar nos olhos desvia pensamentos e transformam em tentação a vontade de sentir o sabor de voar nesse céu.
Se os olhos se fecham e sonham, o caminho é o mesmo do que de olhos abertos, dois cometas de encontro ao outro em alta velocidade.
Viajar nessa emoção faz dançar em um ritmo curioso.
Em clima de Outono, a luz do mundo diz que esse desejo ilumina até mesmo no fundo do mar.
Seria uma tentativa em vão ignorar a chama de um vulcão.
Por quanto tempo vai durar esse sorriso desenhado nas núvens que por sinal, vale mais do que 10 mil palavras?
O silêncio da madrugada sussurra, mas ainda não da para entender as gírias.



(Sabrina Receputi)

2 comentários: