segunda-feira, 6 de junho de 2011

No mais...

Sinto falta de você
Sinto falta de nós dois
Onde tudo era tão lindo
E transformava tudo em flor

Um avião sumiu na imensidão
As palavras voaram para tão distante
Os olhares não mais se olharam
E o amor ficou para depois

A vida é assim!
O “tempo” faz sol e faz chover
Uma nuvem de lágrimas abafa um coração
Que por si só bate sozinho

Só que eis a sabedoria do “tempo”
Que hora dá espaço pro mundo girar
E hora trás pra perto quem tem que estar de fato
No mais... Acabou!

(Sabrina Receputi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário