domingo, 4 de dezembro de 2011

... e tchau.

Olhando em seus olhos
Eu consigo ver o sol
Por tamanha ilusão
Beijando um beijo seu
Eu consigo me perder
E me sinto na escuridão
Então pra que, mentir pra mim
No meio de tantas loucuras
Eu encontrei você
Me deixei levar e me entreguei
Agora vai buscar o seu sorriso
Em outros caminhos, em um infinito qualquer
Vai sem olhar pra trás
Pois eu desisto de você
Eu não sou o seu brinquedo
Sinto que estamos desse jeito
Só por você sentir o que eu não sinto por você
Por isso, despeço aqui e tchau.



(SR.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário