quinta-feira, 3 de maio de 2012

Cada coisa no seu lugar

Tem gente que causa melancolia
Tem gente que arrepia a “espinhela”
Na calada da noite se ouve passos
E no berrar do dia, barulhos
Tem gente que enxerga além do horizonte
Tem gente que segue sem saber pra onde
Pessoas, Indivíduos, Seres, Fulanos e Cicranos
Cães, Gatos, Papagaios e Periquitos
Cada um falando a sua língua
Que a minha retina não suporta ver
Existem olhos que dizem tudo
Existem bocas que não dizem nada
Inúmeras cores e humores se misturando
Cada um com um jeito diferente
Cada coisa no seu lugar.



(SR.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário