quinta-feira, 3 de maio de 2012

Sem você

Você furtou o meu coração
Roubou, partiu sem direção
Eu te dei amor
Você só quis prazer
Agora que viu que me perdeu
Esta em meu portão,
Me pedindo pra voltar.
Sai pra lá, sai daqui!
Eu não sou o seu brinquedo
E nem serei o seu troféu
Quando eu mais precisei de ti
O seu silêncio me sorriu.
Quando você abriu os olhos
Eu estava bem distante
Eu já não mais enfeitava a sua vida
Muito menos a sua estante.
Cama vazia, cama fria...
Desvio perigoso você em minha direção
Você foi uma curva sem volta
Um retorno proibido
Reta final em minha vida.
Sem você ao meu lado
Meu caminho fica leve.


(SR.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário