sexta-feira, 25 de maio de 2012

Tem gente, enfim.

Tem gente que se da com laço e etiqueta
Tem gente que não se garante
Tem gente que tem gosto de água
Tem gente que tem um sabor de quero mais
Tem gente que tem medo de altura
Tem gente que dá mole pro medo
Tem gente que gosta de aparecer
Tem gente que fala muito e não diz nada
Tem gente que diz tudo só com um olhar
Tem gente que assiste o tempo passar
Tem gente que corre contra o tempo
Tem gente que pede, ”Por favor”
Tem gente que presta favores
Tem gente que sabe viver
Tem gente que não sabe nem onde está
Tem gente que se excita com o pensar
Tem gente que nada sente por mais que tente
Tem gente que mente friamente
Tem muita gente se misturando
Tem gente que viaja de navio, avião, ônibus, tanto faz
Tem gente viajando demais na “erva danada”
Tem gente que prova o amor eterno
Tem gente que aprova a solidão
Tem gente enganando a gente
Tem gente fugindo pra não se achar
Tem gente nascendo a cada respirar
Tem gente se matando por amor
Tem gente matando por nada
Tem gente que nasceu pra crescer
Tem gente se esquecendo de crescer
Ta sobrando pouca gente
Pra contar quantas voltas a vida dá
Enquanto que a gente simplesmente
Vai sobrevivendo aos temporais...
Tem gente, enfim.

(SR.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário