terça-feira, 3 de julho de 2012

... Ao nosso encontro

Quanto mais o tempo passa
Mais eu gosto de você;
Quanto mais você me abraça
Mais eu chamo por você.
Se fosse fácil escrever o “nós”
A mais bela palavra não iria contar a nossa história.
Nesse mar de sonhos e loucuras,
Nossos corpos se misturam.
Os desejos se contemplam e se completam,
Enquanto a Terra treme ao nosso encontro.



(Sabrina Receputi)


Nenhum comentário:

Postar um comentário