quinta-feira, 3 de maio de 2012

E assim...

Já não sei explicar
Se é amor ou paixão
Eu só sei entender
Que eu só falo em você
O meu mundo pára quando estou ao seu lado
Esse sentimento esta mais do que claro
Sua voz se tornou poesia
Os seus olhos me embriagam de luz
O seu sorriso me cura do medo
Não sei onde isso tudo ira parar
Mas eu só sei
Que ao seu lado eu vejo tudo em cores
O seu abraço me transforma
Eu te peço
Me beije da cabeça aos pés
Faça de mim a sua presa
Me chame de dengo, de amor, o que for
Me deixe invadir a sua relva
E assim, eu te tranco de vez em meu coração.


(SR.)

Cada coisa no seu lugar

Tem gente que causa melancolia
Tem gente que arrepia a “espinhela”
Na calada da noite se ouve passos
E no berrar do dia, barulhos
Tem gente que enxerga além do horizonte
Tem gente que segue sem saber pra onde
Pessoas, Indivíduos, Seres, Fulanos e Cicranos
Cães, Gatos, Papagaios e Periquitos
Cada um falando a sua língua
Que a minha retina não suporta ver
Existem olhos que dizem tudo
Existem bocas que não dizem nada
Inúmeras cores e humores se misturando
Cada um com um jeito diferente
Cada coisa no seu lugar.



(SR.)

Memória...

As mais perfeitas poesias falam de você
As mais belas canções cantam pra nos dois
Misturas de versos e rimas
Assim somos eu e você.
Lembrando do tempo em que éramos um
O vento me trás saudades de um tempo bom.
As nuvens te desenham em câmera lenta
E os meus olhos adoram te ver.
Os meus pensamentos estão vivendo o seu sorriso
E a minha memória eu acho que cresceu.


(SR.)

Sem você

Você furtou o meu coração
Roubou, partiu sem direção
Eu te dei amor
Você só quis prazer
Agora que viu que me perdeu
Esta em meu portão,
Me pedindo pra voltar.
Sai pra lá, sai daqui!
Eu não sou o seu brinquedo
E nem serei o seu troféu
Quando eu mais precisei de ti
O seu silêncio me sorriu.
Quando você abriu os olhos
Eu estava bem distante
Eu já não mais enfeitava a sua vida
Muito menos a sua estante.
Cama vazia, cama fria...
Desvio perigoso você em minha direção
Você foi uma curva sem volta
Um retorno proibido
Reta final em minha vida.
Sem você ao meu lado
Meu caminho fica leve.


(SR.)