terça-feira, 3 de julho de 2012

... Ao nosso encontro

Quanto mais o tempo passa
Mais eu gosto de você;
Quanto mais você me abraça
Mais eu chamo por você.
Se fosse fácil escrever o “nós”
A mais bela palavra não iria contar a nossa história.
Nesse mar de sonhos e loucuras,
Nossos corpos se misturam.
Os desejos se contemplam e se completam,
Enquanto a Terra treme ao nosso encontro.



(Sabrina Receputi)


Somos assim

A cada dia aumenta mais,
Essa saudade que me arde, te queima.
A cada olhar te sinto aqui,
Onde os nossos corpos não se deixam.
A cada passo, estamos seguindo,
Com o desejo na mesma direção,
Com essa energia que nos penetra,
Em sintonia com o amor.
Somos assim;
Somos iguais.
Somos frutos de um querer,
Semente a germinar nesse jardim.
Eu sou assim;
Metade do seu elo,
Calor do seu abraço,
Hóspede do seu afeto.
Você é assim;
Mistura de desejo e paixão,
Realidade em meu sonho,
Um amor criando laços,
A cada amanhecer...




(Sabrina Receputi)

Eu e Ela

Ela mora longe
E eu bem perto do seu coração
Ela vem pra perto
E eu não consigo segurar essa emoção.
Sinto o seu abraço a me abraçar
O meu corpo a se arrepiar
Sem ela aqui, eu me perco
E nela eu me acho.
Sou beija-flor dos seus beijos,
Ouço a sinfonia da paixão
Que me faz cantar
E me leva...
Está chovendo estrelas
Um sol se abriu em meu peito;
Cores e mais a cores a pintar "Eu e Ela".
Um brinde ao amor...
Ao amor que veio pra ficar.



(Sabrina Receputi)