sábado, 21 de dezembro de 2013

Você

Cada verso meu
Decifra o teu sorriso
Cada beijo teu

Decifra o meu carinho... por você!



Sabrina Receputi

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Calma

Teus olhos me pedem pra ficar, enquanto que uma voz tropeça.
O teu coração me chama devagar e eu estou indo em sua direção pra te buscar.
Quem sou eu?
O que estou fazendo aqui?
Calma! Segure em minhas mãos e siga o teu coração.
Há um sentimento lindo e muitos pontos positivos...
O que este coração está dizendo?
Calma! Calma! E calma!
Compreender certas coisas não é nada fácil, mas com calma tudo irá se resolver.
Me pego conversando com Deus, me pego olhando o agora e me vejo melhor e dando o meu melhor pra você.
Com fé o mundo muda de cor, só depende do tamanho de sua fé!
Estou aqui de corpo e alma, estou aqui de coração aberto e repleto de flores.
Calma e se acalme, a vida tem dessas coisas e nem sempre sabemos o que fazer ao certo.
As vezes faz parte perder um pouco o equilíbrio... e buscar um apoio.
Uma insegurança, um medo, uma dor tem um peso enorme em nossos corações, mas com calma tudo irá se resolver.
Sinta o meu "Eu" e não corra de sí mesma, não se esconda do teu próprio sentimento que criou laços por aqui.
Nada é perfeito e jamais será, mas sei o quanto tudo pode nos fazer o bem, como veio até agora, por mais que exista um vento forte nos arrastando. Se permita!
Isso não é um jogo e sim algo sincero, limpo.
Existe um obstáculo que pode ser vencido, tenha fé, tenha paz... Deus está trabalhando para nos ajudar e fé é fé desde que tenha fé!
Muitas coisas estão nas mãos de Deus, mas depende muito de nós também.
O meu querer é bem maior... Pense nisso e se permita compreender sim!
Respire fundo inúmeras vezes e pense no melhor!
Que Deus abençõe e opere à nosso favor.


Sabrina Receputi

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Ao seu lado

Nem sempre encontro rimas para rimar o nosso amor
Mas isso não muda nada no que Eu sinto, pois o que sinto rima com felicidade se ao seu lado estou.
Você me faz ser grande mesmo quando me sinto pequena
E com isso, percebo como são perfeitos os meus dias ao seu lado e o mais perfeito é ter a certeza do quanto Eu te quero muito!
Você dos olhos brilhantes e sorriso encantador, ganhou o meu coração
Você, do beijo doce e do abraço tenro me tem por inteira
Você que entende os meus gestos e medos, sabe que também te conheço bem
E com isso, Você faz as minhas horas voarem...
Ao seu lado Eu quero sempre estar e assim, permanecer.
Fazer dos seus dias mais coloridos me faz muito feliz.


Sabrina Receputi

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Uma verdadeira flor conhece bem o adubo que a faz crescer e não se abalar com as ventanias e tempestades.
Viva a vida e "dane-se" as "flores" de plásticos que não morrem e que também não nos acrescentam em nada.
Essas se tornam cada vez mais artificiais e intolerantes!

Sabrina Receputi

O que importa

A vida, por mais "altos e baixos" que ela tenha, sempre se torna uma poesia em forma de canção.
Não importa apenas os dias, meses e anos... 
O que importa é o tempo que voa por mais que ele pareça caminhar devagar.
O que importa é olhar para o lado e perceber os verdadeiros amigos. 
O que importa é olhar para frente com orgulho e, olhar para trás apenas para constatar tudo o que já foi um dia. Nada é por acaso! 
A surpresa de cada dia é apenas um jogo cotidiano, onde faz parte ganhar e perder. 
É surpreendente poder sentir o amor criando forças dentro da gente...
Tudo faz parte da vida e o melhor é sentir cada segundo e sorrir em paz.


Sabrina Receputi

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Mar de encantos

Lábios doces feito mel
Que me suga
Que me beija
Me envolve.
Através deste teu olhar
Eu te vejo por inteira
Um encanto
Uma flor a me encantar.
A cada dia que se passa,
Me aprofundo mais neste oceano
Esbarro com alguns tubarões,
Que fazem parte desta tragetória chamada amor
E me encanto com o que muitos ainda não sabem.
No meio deste oceano,
Existe uma beleza rara
Um sonho
Uma Estrela do mar
E Eu adoro navegar neste teu corpo que me leva vagarosamente
...



Sabrina Receputi

sexta-feira, 14 de junho de 2013

No silêncio das horas

No silêncio dos dias, as horas atropelam o meu pensar.
Onde isso tudo vai nos levar?
Não! Eu não sei.
Uma saudade criou raíz em meu peito
Um sorriso se perdeu no meio da multidão, em busca do teu olhar.
Onde está você?
Um coração anda batendo devagar sem rítmo de festa
Mesmo assim, paciência.
Por onde passo, sinto o teu cheiro
Por onde ando, ouço a tua voz
Por onde olho, vejo tuas brincadeiras
Eu estou ficando louca!
Em meu abraço eu te protejo
Em meu desejo você realça
Em minha dor, mais uma vez eu te vejo
E mesmo assim, estarei aqui inteira pra você
Seguindo em silêncio,
Acreditando no tempo,
E em tudo que só a gente sabe.


Sabrina Receputi


terça-feira, 21 de maio de 2013

Achismo ou certeza?

Te olho nos olhos
E você me da em troca, um sorriso
O que sente o teu coração?
Te falo de amor
Você perde as palavras e os sentidos
Estou sentindo o teu coração.
Eu sou de você
Sou tua, menina.
Os dias estão passando tão depressa
E mesmo assim,
Ainda "acho" que você gosta de mim.

Sabrina Receputi

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Reconhecimento pessoal


Em um belo dia, me encontrei no meio de uma competição onde eu poderia ou não ter tido a sorte de fazer parte desde mundo. E o que aconteceu? Eu nasci.
Depois de alguns anos, percebi que eu havia abandonado quem eu tinha de mais precioso na vida, e assim fui me tornando o que eu sei que não sou. Sendo um ser “durão” e frio. O que seria de mim sem Deus?
Eu voltei.
Hoje, poderei contar que os dias que se passaram por mim, me trouxeram diversos tipos de acontecimentos, onde eu vivi momentos felizes e tristes, onde eu aprendi e apanhei de algum jeito.
Depois de um tempo, comecei a me sentir baixo astral, desprotegida, fraca, sem forças pra querer seguir, mesmo que por um instante eu sorrisse, enganando o meu Eu. Com isso, me senti só e fui me escondendo de mim mesma.
Problemas foram surgindo, soluções foram sumindo, até que desesperadamente peguei o telefone e fiz uma ligação, chorando... Consegui me abrir. Contei o que eu estava sentindo e como eu estava me sentindo naquele momento. Bateu uma angústia, uma nostalgia, que me senti em um anonimato profundo, no meio de um deserto pavoroso.
Deixei-me levar e me coloquei em guerra, só que sem armas para lutar!
Esta pessoa que liguei me estendeu a mão e disse: - Eu vou te ajudar.
Fui com o coração repleto de esperanças e repleto de culpas por eu não ter sabido lidar com algumas situações.
Tive a certeza que abandonei o meu Pai, o meu Deus, porque ele me acolheu e me aceitou de volta. Eu senti a paz e voltei pra casa com uma certeza, sendo: Eu quero, Eu posso!
Ouvi tantas palavras positivas, observações, puxões de orelhas que eu “hoje” amanheci pedindo ao Senhor, perdão.
“Perdoa-me pelas minhas falhas, pelos meus pecados, pelos erros que cometi.”
Afinal, errar é humano e aprender é mais humano ainda.
Por um instante eu me esqueci de mim mesma e valorizei de maneira incorreta alguns assuntos e até mesmo, algumas pessoas.
Hoje eu me senti melhor que ontem e quero buscar cada vez este melhor, esta paz, para que eu leve a todos que eu amo o que estou sentindo e vivendo.
Deus, o que é seu é meu!
Eu não havia dado conta disso.
O que seria de mim sem a tua luz?
O que seria de mim sem a tua benção?
Estou aprendendo tantas coisas, agradeço pela paciência...
Obrigada meu Deus.
Não quero te abandonar nunca mais.
O poder da transformação é divino e eu me amo.
Quem tem Deus no coração, tem tudo!

(Dedico este texto a você Luciana França. Obrigada!)

Sabrina Receputi

sábado, 30 de março de 2013

Por um instante

Por um instante,
Esqueci que os heróis não são apenas heróis
Eles também sentem dor e precisam de colo.
Por um instante,
Me perdi neste jardim
E te fiz chorar.
Reconheço o inverno que causei em teu coração
Mas não devemos esquecer das outras estações
Que nos cercam e nos preenchem.
Quero te proteger do mundo
E aprender muito com você.
Uma princesa as vezes erra
Ao construir o teu próprio castelo ao lado de alguém
Por isso,
Vamos nos permitir e nos fortalecer.



Sabrina Receputi



segunda-feira, 11 de março de 2013


O verão do teu sorriso
Aquece qualquer estação
Na brisa deste olhar
Sinto a leveza de um amor.

(Sabrina Receputi)

quarta-feira, 6 de março de 2013

A cada dia uma linha é escrita

Uma linda história
Não se escreve em um quadro de giz
Ou até mesmo, na areia do mar
Surge uma cumplicidade que cria força
Surgem as flores em pleno deserto
E os olhos transmitem o amor
Trocam-se os segredos
Um arrepio arde ao fazer amor
E o coração bate forte de maneira que só a gente entende.

(Sabrina Receputi)

terça-feira, 5 de março de 2013

Melodia



Poesia é uma musica
E o teu olhar, jóia rara
Os meus versos te decifram
E a tua voz, melodia.

(Sabrina Receputi)

segunda-feira, 4 de março de 2013

...



O teu olhar me invade
Me arranca suspiros
Me tira a roupa
Em um segundo.
Me faça viajar
Neste corpo insaciável
Que me encanta
E deslumbra...


(Sabrina Receputi)

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Olhos viciados

Olhos grandes
Atentos
Estatelados e viril
Olhos meigos
Ardentes
Viciados, varonil.
Te imagino toda nua
Desejando o meu querer
Te desenho em minha cama
Sussurrando de prazer.
Olhos firmes
Delicados
Se entregando com amor
Te afago lentamente
Enquanto você me prende
Com o toque, gosto e pelo cheiro.
Me encontro ofegante
Enquanto as minhas mãos passeiam com zelo
Sinto à flor da pele um instinto sacana
E pelo corpo um calor febril
Façamos um brinde com arranhões e gemidos
Entrelaçados com ousadia
Olhos firmes
Berrantes
Viciados em você.



Sabrina Receputi

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Me faz lembrar você

A cada dia que se passa
Te sinto mais perto
Bem dentro do meu Eu
Vivendo este sonho.
É loucura
É paixão
Este laço que envolve o meu coração
É desejo
Sedução
Sinto um arrepio por tamanha emoção.
No rádio está tocando a nossa canção
Me faz lembrar você
Me faz cantar você
Me derreto toda e assim, me entrego.
Cada vez que te vejo sorrindo
Vejo o céu se abrir em flores
Nuvens de algodão desenham o nosso amor
E uma linda chuva de estrelas enfeitam o nosso elo.





Sabrina Receputi

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Se fecho os olhos

Se fecho os olhos
Me levo até você
Te sinto mais perto
Me encontro leve sorrindo em sua direção.
Teus olhos se parecem com esmeraldas;
Dois faróis a me enxergar,
Onde percebo uma linda luz
A me contagiar com o teu encanto.
Às vezes me pergunto: - De onde você veio?
Ou, "por onde andei enquanto você me procurava..."
É incomparável todo este carinho
E não existem palavras para traduzirem toda esta satisfação.
Se fecho os olhos
É você que eu vejo.
Me deito em seu colo,
Sinto o teu gosto
E te sinto em meu abraço.




Sabrina Receputi