segunda-feira, 8 de junho de 2015

O hoje é o agora.

Seguir, significa pegar uma estrada e ir adiante para onde a vida levar.
Estrada que por sí só, alimenta com uma energia única e "minha", somente "minha"!
Sentir cada passo se resume em amadurecimento e sofrer com acontecimentos, faz parte dos momentos da vida.
Afinal, a vida é feita de momentos e o que seria de cada um sem os momentos felizes e tristes?
Dizem que o "para sempre" sempre acaba, mas o amor próprio nunca deve acabar.
Mais uma vez irei dizer que tudo na vida se resume em amadurecimento e inúmeros erros ensinam a seguir... isso é viver e aprender!
Viver o hoje é o que faz valer a pena e me faz acreditar sempre que nunca seremos perfeitos o suficiente para satisfazer alguém 100%.
Temos que nos satisfazer primeiro,  antes de qualquer julgamento ou punição.
Eu gosto de azul, e você?
As diferenças estão vivas por todo canto e cabe a nós aceitarmos ou não.
Por um instante,  eu me vi no meio de uma mata linda e não me senti perdida... me transformei em um tigre e comecei a correr... o melhor é que eu não corri sem direção ou em desespero. Eu corri para onde havia um sol extraordinário, me preenchendo por dentro com paz, simplesmente em paz, sem pensar em nada.
Ao som da natureza sussurrando ao meu ouvido, eu consegui me ver... me olhar... me sentir... voltei!
O agora é mais surpreendente que qualquer tempo, porque tempo não existe e sim, o agora e nada mais.
No mais, fui-me e me vou.

Sabrina Receputi

Nenhum comentário:

Postar um comentário